Contrariando as estatísticas...

Posted: domingo, 24 de janeiro de 2010 by Jean in Marcadores:
3



Quando me perco eu me encontro pensando em você. Fico imaginando os fatos e histórias dos nossos dias que nunca aconteceram e as vezes sinto uma vontade incontrolável de conversar com o meu gato sobre como a sua presença me faz bem.

Presença real? Não...
Presença de alma? Talvez...

Creio que um pouco de você vive dentro de mim, ou talvez seja o meu coração que agora vive por você. Ainda não sei bem ao certo o que é. Só o que sei é que sinto uma saudades incontrolável de você.

Bah....  Deve ser loucura minha!

Muitos dizem que eu estou enlouquecendo por gostar de alguém que talvez nem mesmo conheça. Porém eu digo que loucura é imaginar que tenho sob meu controle todas as vontades do meu coração. Isso é engano.

E engano maior é desacreditar do amor e deixar de dar créditos a ele por colocar nossas vidas em movimento.

Eu não consigo mais imaginar o meu mundo sem o amor e já não faz sentido dançar se meus passos não forem guiados por ele.

E se sentir um amor sincero e inocente é contrariar as estatísticas, então podem me considerarm a maior das exceções.

Por falar nelas, lí uma vez no jornal que os homens apaixonados vivem menos. Isso pode até ser verdade.
Mas falando francamente, de que vale viver mil anos sem nunca ter morrido de amor?

3 comentário(s):

  1. Talita.. says:

    ^^

    Os homens apaixonados vivem menos porque após experimentarem o sabor do verdadeiro e mais puro amor, não precisam temer a morte..

    Pois foram felizes e deixarão lembranças e felicidades..

    Não vale a pena viver nem segundo que seja, se temes morrer de amor..

    ^^

    Amei o texto..

    Beijo..

    =*

  1. Jedi says:

    Orra...

    que bunito hein piah

  1. Legal demais o texto daí!

    XD

Liberdade de Expressão

É importante esclarecer que este BLOG, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal. Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se: “é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença" (inciso IX). Além disso, cabe salientar que a proteção legal de nosso trabalho também se constata na análise mais acurada do inciso VI, do mesmo artigo em comento, quando sentencia que "é inviolável a liberdade de consciência e de crença". Tendo sido explicitada, faz-se necessário, ainda, esclarecer que as menções, aferições, ou até mesmo as aparentes críticas que, porventura, se façam a respeito de doutrinas das mais diversas crenças, situam-se e estão adstritas tão somente ao campo da "argumentação", ou seja, são abordagens que se limitam puramente às questões teológicas e doutrinárias. Assim sendo, não há que se falar em difamação, crime contra a honra de quem quer que seja, ressaltando-se, inclusive, que tais discussões não estão voltadas para a pessoa, mas para idéias e doutrinas.

Importante!!!

Todos os links e arquivos que se encontram no site, estão hospedados na própria Internet, somente indicamos onde se encontra. Qualquer arquivo protegido por algum tipo de lei deve permanecer, no máximo, 24 horas em seu computador. - Eles podem ser baixados apenas para teste, devendo o usuário apaga-lo ou compra-lo após 24 horas. - A Aquisição desses arquivos pela internet é de única e exclusiva responsabilidade do usuário. - Os donos, webmasters e qualquer outra pessoa que tenha relacionamento com a produção do site, não tem responsabilidade alguma sobre os arquivos que o usuário venha a baixar e para que irá utilizá-los. - O usuário que utilizar o site, tem total conhecimento, e aceita os termos referidos acima.