Um Ode ao Amor

Posted: terça-feira, 10 de fevereiro de 2009 by Jean in Marcadores:
1



Fui entorpecido pelo ópio que vinha de sua boca, eu derretia de calor em plena sombra.
E por assombro não vi nada que me fosse novidade. Descobri na verdade a falta de bom senso que fluía em consenso ao mal que já superava minha vaidade.

Destinado e desatento caí na armadilha mais ardil que já se fez.
Escravo e prisioneiro, este velho cancioneiro experimentou na carne toda a maldade e dor proporcionados pelo perverso amor.

E agora morro lentamente. Cego novamente me perco em seu quarto.
Cada novo ato encena e traz consigo a decadência de meu coração perverso.
E ao inverso do que se fez, perdi ao desejar e cobiçar a insensatez.

Três vezes gritei seu nome e por três vezes fui amaldiçoado.
Uma vez tentei escapar e nela acabei amarrado e amordaçado.
Em caminhos desolados hoje eu caminho e da beira do precipício eu pularia com alegria se me pedisse.

Sexo,sem nexo e complexo. Antes eu sonhava e viajava. Hoje já não durmo.
Me perdi em seus braços. Seu cheiro já não me abandona. E sinto que de mim és a dona.

Enganando-me eu sou feliz. Destilando meu sangue em veneno me sinto em paz.O que eu era já não sou mais. E meu futuro passou a ser um mero jamais.

1 comentário(s):

  1. Jhiorny says:

    só a foto ja dispensa comentários..
    =]
    ;;
    abraçoss

Liberdade de Expressão

É importante esclarecer que este BLOG, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal. Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se: “é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença" (inciso IX). Além disso, cabe salientar que a proteção legal de nosso trabalho também se constata na análise mais acurada do inciso VI, do mesmo artigo em comento, quando sentencia que "é inviolável a liberdade de consciência e de crença". Tendo sido explicitada, faz-se necessário, ainda, esclarecer que as menções, aferições, ou até mesmo as aparentes críticas que, porventura, se façam a respeito de doutrinas das mais diversas crenças, situam-se e estão adstritas tão somente ao campo da "argumentação", ou seja, são abordagens que se limitam puramente às questões teológicas e doutrinárias. Assim sendo, não há que se falar em difamação, crime contra a honra de quem quer que seja, ressaltando-se, inclusive, que tais discussões não estão voltadas para a pessoa, mas para idéias e doutrinas.

Importante!!!

Todos os links e arquivos que se encontram no site, estão hospedados na própria Internet, somente indicamos onde se encontra. Qualquer arquivo protegido por algum tipo de lei deve permanecer, no máximo, 24 horas em seu computador. - Eles podem ser baixados apenas para teste, devendo o usuário apaga-lo ou compra-lo após 24 horas. - A Aquisição desses arquivos pela internet é de única e exclusiva responsabilidade do usuário. - Os donos, webmasters e qualquer outra pessoa que tenha relacionamento com a produção do site, não tem responsabilidade alguma sobre os arquivos que o usuário venha a baixar e para que irá utilizá-los. - O usuário que utilizar o site, tem total conhecimento, e aceita os termos referidos acima.