O Budismo, Chaplin, o Super Homem e um pouco de Nietzsche...

Posted: segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009 by Jean in Marcadores: ,
3



“Se não consegues entender que o céu deve estar dentro de ti, é inútil buscá-lo acima das nuvens e ao lado das estrelas. Por mais que tenhas errado e erres, para ti haverá sempre esperança, enquanto te envergonhares de teus erros”.
(Charles Chaplin)


Belíssima citação de Chaplin. Não imagino alguém dizendo uma frase deste tipo com tanta profundidade e precisão.


Meus devaneios me conduzem a concordar com Chaplin.


Por muitas vezes tentei encontrar o meu norte e o meu céu em muitas coisas:


-Álcool


-Baladas


-Amores


-Emprego...


Por muitas noites procurei ocupar minha mente com tudo o que me afastasse de mim mesmo.
Procurei em vão encontrar paz ao meu coração.


Porém, comecei a meditar e procurar ajuda quanto a este assunto, e encontrei em uma teoria budista muito bem descrita em um mangá e anime chamado “Evangelion” a resposta.


Nela se contava a história de que na criação, o homem teria sido feito do pó da terra.


E quando o homem foi feito, ficou em seu coração um pequeno espaço vazio.


E a medida que o homem foi crescendo e evoluindo ele tentou preencher este vazio das mais diversificadas formas:


-Ele procurou uma companheira para suprir a falta e carência que ele sentia;


-Ele construiu casas e fortalezas cada vez maiores a fim de se protegem do medo interior que ele
carregava;


-Ele construiu carros cada vez mais rápidos, para que ele pudesse correr mais rápido do que
qualquer animal, tentando correr e fugir de si mesmo;


-Ele construiu armas e matou seus semelhantes a fim de suprir seu complexo de inferioridade;


-Ele inventou objetos mirabolantes para que o distraísse do seu “vazio” interior...


Diversas maneiras e diversas formas de procurar resolver o que lhe faltava, porém todas elas sem sucesso.


A única forma que o homem conseguiu se completar foi através da autoconsciência.


Não estou pregando agora a "nova era" ou algo assim. Estou afirmando que aquele que não conhece a sí mesmo, não conhece nada e nem ninguém.


"Se conheces o inimigo e conheces a sí mesmo, não precisa temer o resultado de 100 batalhas.

Se conheceres a sí mesmo , mas não conhecer o seu inimigo, por cada vitória você também sofrerá uma derrota.
Se você não conhece a sí mesmo e nem o inimigo, sempre perderá todas as batalhas".
(Sun Tzu em a Arte da Guerra)


Nietzsche se referiu ao homem completo, ou seja, o homem que encontrou o equilíbrio e a consciência em si como o “Super Homem”.


Para que isso aconteça, não precisamos de mais ginástica ou de mais parafernálhas tecnológicas, mas de coragem e vontade, já que nossos maiores obstáculos são o medo e o hábito.


Sim, somente "a sós com nós mesmos" (ficou estranho...xD) é que conseguiremos atingir o estágio doloroso da cura.

No silêncio e no escuro é que enxergamos quem realmente somos. Começamos a ver todas as nossas fraquezas e falhas. E tendo em vista isso, também poderemos encontrar a solução para nossas frustrações.

Talvez o Super Homem não seja aquele homem biônico das histórias em quadrinhos. Talvez ele simplesmente seja um cara que encontrou em sí um equilíbrio de tal forma que o mundo pode desabar ao redor dele, e ele ainda permanecerá inabalável.

Talvez ele seja um cara tão consciente de sua própria força, que ele é capaz de enfrentar os mais terríveis monstros e problemas.

Talvez este novo ser não seja tão difícil assim de ser alcançado, não é mesmo? Quem sabe hoje você consiga encontrar em sí mesmo o seu norte e descobrir qual é o sentido para a sua vida.


Talvez hoje você não ganhe uma visão de raio x, mas você ganhe uma visão capaz de enxergar além de seus problemas e além do seu mundo.

Talvez hoje você não ganhe o poder de voar, mas quem sabe você possa estar tão bem alicerçado, que os terremotos da vida não te abalarão.

Talvez você não precise mesmo de uma Louis Lane, mas precise sim é de um tempo afim de se conhecer e de alicerçar o seu mundo.


Para completar, desejo a você a coragem necessária para mudar a sí mesmo e o mundo ao seu redor.


"Conhece-te a tí mesmo e conhecerás os deuses e o universo". (Sócrates)

"A paz vem de dentro de sí próprio, não a procure á tua volta". (Buda)

"Quando vires um homem bom, tenta imitá-lo. Quando vires um homem mal, examina-te a sí mesmo". (Confúcio)

3 comentário(s):

  1. Suas citações dão que pensar e remetem, como sempre, para o interior de nós mesmos numa busca de sabedoria.

    E agora lanço um desafio:

    quer ir ver o blogue que nós fizemos para a minha Mãe, que aos 86 anos ainda escreve poemas? O link é o seguinte:

    http://voolongo.blogspot.com/

    Um abraço e passe palavra! Aposto que para ela seria uma surpresa ver que outras pessoas se interessassem!

    Isabel

  1. Caro Amigo Jean,

    As citações que postou são profundas e são feitas pela humanidade desde tempos imemoriais.

    O homem é um microcosmos que tem em si todas as potencialidades do macrocosmos.

    Parabéns pelas citações e textos postados.

    Um abraço

    José António

    PS.:
    Não deixe de seguir a sugestão da Isabel e ver o blog da Maria do Carmos, uma jovem de 86 anos.

  1. Interessante... Sei lá, acho que não existem textos melhores que os outros... Apenas pessoas e seus momentos. No momento em que estou suas palavras cairam como luvas pra mim... Sun Tzu é o mestre. Ainda busco me conhecer... Achar sentido... Mas... Tudo que vejo são dificuldades.
    De toda forma, belo texto...

    ---
    http://madeinchinee.blogspot.com/

Liberdade de Expressão

É importante esclarecer que este BLOG, em plena vigência do Estado Democrático de Direito, exercita-se das prerrogativas constantes dos incisos IV e IX, do artigo 5º, da Constituição Federal. Relembrando os referidos textos constitucionais, verifica-se: “é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato" (inciso IV) e "é livre a expressão da atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independentemente de censura ou licença" (inciso IX). Além disso, cabe salientar que a proteção legal de nosso trabalho também se constata na análise mais acurada do inciso VI, do mesmo artigo em comento, quando sentencia que "é inviolável a liberdade de consciência e de crença". Tendo sido explicitada, faz-se necessário, ainda, esclarecer que as menções, aferições, ou até mesmo as aparentes críticas que, porventura, se façam a respeito de doutrinas das mais diversas crenças, situam-se e estão adstritas tão somente ao campo da "argumentação", ou seja, são abordagens que se limitam puramente às questões teológicas e doutrinárias. Assim sendo, não há que se falar em difamação, crime contra a honra de quem quer que seja, ressaltando-se, inclusive, que tais discussões não estão voltadas para a pessoa, mas para idéias e doutrinas.

Importante!!!

Todos os links e arquivos que se encontram no site, estão hospedados na própria Internet, somente indicamos onde se encontra. Qualquer arquivo protegido por algum tipo de lei deve permanecer, no máximo, 24 horas em seu computador. - Eles podem ser baixados apenas para teste, devendo o usuário apaga-lo ou compra-lo após 24 horas. - A Aquisição desses arquivos pela internet é de única e exclusiva responsabilidade do usuário. - Os donos, webmasters e qualquer outra pessoa que tenha relacionamento com a produção do site, não tem responsabilidade alguma sobre os arquivos que o usuário venha a baixar e para que irá utilizá-los. - O usuário que utilizar o site, tem total conhecimento, e aceita os termos referidos acima.